O filho morreu: será que os pais têm realmente o direito a receber pensão do INSS?

O filho morreu: será que os pais têm realmente o direito a receber pensão do INSS?

O INSS permite que pais recebam a pensão desde que segurado morto não tenha filhos nem cônjuge e que comprovem dependência econômica.

Vamos explicar melhor: o INSS tem três classes de dependentes. E quando um segurado morre, a lei os enumera em ordem de prioridade:

  • cônjuge/companheiro e filhos;
  • pais;
  • irmãos.

Sendo assim, os pais só teriam direito à pensão se não houver cônjuge/companheiro ou filhos. Para os dependentes da primeira classe, não é necessário comprovar a dependência econômica, que é presumida.


A irmã tem direito a dividir a pensão com a mãe? 

Não.A existência de dependente de classe superior (como a mãe) exclui o direito dos demais dependentes. 

Tem mais alguma dúvida sobre o tema? Deixe um comentário ou nos envie uma mensagem pelo Whatsapp (62) 99103 4070.



Deixe um Comentário